Como se fica obeso?

1) FATORES AMBIENTAIS (causado pelo meio ambiente). Deles são importantes os seguintes:

a)  Relacionados com a comida:

Come se aprendeu a comer / Quanto se valoriza a comida, (a presença da comida como um sinal de afeto) / O hábito de se reunir ao redor de uma mesa / Ter aprendido a comer quando angustiado, triste ou sozinho.

Ser gordo depende dos hábitos alimentares aprendidos ao longo dos anos. Assim, os hábitos alimentares da família marcam muito o indivíduo no sentido de torná-lo gordo ou não.

b)  Relacionados com a atividade física:

O nível de atividade física das pessoas também influencia no ser gordo ou não gordo. Quanto menor a atividade física, maior a tendência para a obesidade.

A pessoa que se movimenta mais, que tem mais atividade física gasta mais energia, queima mais gordura e tende a ser mais magra do que a pessoa que é inativa, vive sentada e não faz exercícios.

c)  Relacionados com a quantidade de células gordurosas:

Ter sido uma criança gorda também aumenta a chance da pessoa ser um adulto gordo. Esta criança terá um número maior de células gordurosas, portanto terá maior chance de ser gorda. Só à custa de um esforço maior do que o normal, ela conseguirá ficar e manter-se magra na idade adulta.

d) Outros fatores Ambientais:

Frequentemente vemos também pessoas que ganham peso após parar de fumar, após a gravidez, após cirurgia, ou quando se recuperam de doenças, e que, depois disto embora não ganhem mais peso, não conseguem perder o que ganharam.

A idade é outro fator importante, que ajuda no ganho de peso. Quanto mais longe da adolescência, maior a tendência para se ganhar peso, mesmo comendo a mesma quantidade de alimento e mantendo a mesma atividade física. Isto se dá por haver uma diminuição do metabolismo com a idade.

e) Causas hormonais

Existem outras causas de ganho de peso, como doenças hormonais (de tireóide, de supra renal e hipófise), mas são pouco comuns.

2) FATORES GENÉTICOS (de herança) também são muito importantes para determinar quem tem mais
 chance de ser gordo. Quem vem de uma família com muitos obesos, tem maior chance de ser gordo.

PORÉM, MUITO MAIS IMPORTANTE QUE UMA TENDÊNCIA FAMILIAR OU GENÉTICA PARA A OBESIDADE, OU DE SE TER SIDO GORDO QUANDO CRIANÇA É O MODO DE COMER, É O QUE SE COME, É O ESTILO DE VIDA.

A TENDÊNCIA PARA A OBESIDADE PODE SER VENCIDA E A PESSOA PODE PERDER PESO E MANTER-SE NO PESO IDEAL, DESDE QUE APRENDA A COMER CORRETAMENTE E MUDE PARA SEMPRE A SUA VIDA NO SENTIDO DE SER MAIS ATIVA FISICAMENTE, E DEIXAR DE COMER ERRADO.

Fale Conosco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida

Av. José Bonifácio, 1901 - Jardim das Paineiras - Campinas - SP,13092-305,Brasil

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O que você procura?

Insulina Humana

A insulina humana (NPH e Regular) utilizada no tratamento de diabetes atualmente é desenvolvida em laboratório, a partir da tecnologia de DNA recombinante. A insulina chamada de ‘regular’ é idêntica à humana na sua estrutura. Já a NPH é associada a duas substâncias (protamina e o zinco) que promovem um efeito mais prolongado.

Análogo de Insulina

Um análogo de insulina é uma forma alterada de insulina, diferente de qualquer que ocorrem na natureza, mas ainda está disponível para o corpo humano para executar a mesma acção de insulina humana em termos de controle glicêmico.

Canetas Descartáveis

As canetas descartáveis, já vem carregadas com insulina e ao terminar seu uso são dispensadas e pega-se uma nova caneta, dispensa portanto a troca de refis, tornando o uso ainda mais simples.

Canetas Reutilizáveis

As canetas podem ser reutilizáveis, e que se compra o refil de 3 mL de insulina para se carregar na caneta. Neste caso é importante observar que as canetas são específicas para cada fabricante de refil.