Nova bomba de insulina protege os usuários da hipoglicemia

O sistema SmartGuard, responsável por esse controle, também retoma a administração do hormônio quando a concentração de glicose no sangue retorna aos valores normais e, desta forma, evita que se suceda a hiperglicemia.

Nova bomba de insulina protege os usuários da hipoglicemia

Assim, o dispositivo protege os diabéticos das quedas da glicemia durante dia e noite com base em ajustes e configurações de limites que podem ser feitos de acordo com as características individuais do usuário.

A MiniMed 640G é composta de uma bomba de insulina associada a um monitor constante de glicose - num mesmo equipamento e um sensor introduzido debaixo da pele, e que deve ser trocado a cada 6 dias.

O sistema a prova d’água e tem uma interface mais simples com telas coloridas tornando mais fácil o seu uso. A nova bomba foi desenvolvido e lançado na Austrália e já está no mercado de alguns outros países. Nos EUA, estão sendo desenvolvidos estudos clínicos para analisar a performance e segurança do produto e no Brasil não existe previsão de sua entrada no mercado.


Aline de Fátima Dias - Estudante de Medicina da UNICAMP

Fale Conosco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida

Av. José Bonifácio, 1901 - Jardim das Paineiras - Campinas - SP,13092-305,Brasil

(19)3295-0392 e 3295-2088

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O que você procura?

Insulina Humana

A insulina humana (NPH e Regular) utilizada no tratamento de diabetes atualmente é desenvolvida em laboratório, a partir da tecnologia de DNA recombinante. A insulina chamada de ‘regular’ é idêntica à humana na sua estrutura. Já a NPH é associada a duas substâncias (protamina e o zinco) que promovem um efeito mais prolongado.

Análogo de Insulina

Um análogo de insulina é uma forma alterada de insulina, diferente de qualquer que ocorrem na natureza, mas ainda está disponível para o corpo humano para executar a mesma acção de insulina humana em termos de controle glicêmico.

Canetas Descartáveis

As canetas descartáveis, já vem carregadas com insulina e ao terminar seu uso são dispensadas e pega-se uma nova caneta, dispensa portanto a troca de refis, tornando o uso ainda mais simples.

Canetas Reutilizáveis

As canetas podem ser reutilizáveis, e que se compra o refil de 3 mL de insulina para se carregar na caneta. Neste caso é importante observar que as canetas são específicas para cada fabricante de refil.