Tireoidite Subaguda

A tireoidite subaguda, também conhecida por tireoidite de De Quervain, é uma condição clínica onde o paciente apresenta febre, dor de forte intensidade na região onde está localizada a glândula tireóide, podendo ou não apresentar sinais e sintomas de um hipertireoidismo, como palpitação, tremor, irritabilidade e piora do padrão de sono.

Normalmente a tireoidite subaguda acontece após algum processo infeccioso viral, como uma gripe ou outra infecção das vias aéreas. O diagnóstico é essencialmente clínico, sendo que alguns exames laboratoriais ou cintilografia da glândula tireóide podem auxiliar no diagnóstico quando o quadro clínico não é tão típico.

Grande parte dos pacientes apresentam resolução espontânea e o tratamento é instituído nos casos onde os sintomas são importantes. A introdução do tratamento tem rápida resposta e os sintomas desaparecem em poucos dias. A doença apresenta cura completa e não evolui para hipotireoidismo. Muitos pacientes confundem a tireoidite subaguda com a tireoidite de Hashimoto, sendo que esta além de não causar dor nem febre, pode evoluir para hipotireoidismo em boa parte dos pacientes.

Por Dr Alessandro Capatti
CRM-SP 105.174
Endocrinologista

 

 

 

 

 

Fale Conosco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida

Av. José Bonifácio, 1901 - Jardim das Paineiras - Campinas - SP,13092-305,Brasil

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O que você procura?

Insulina Humana

A insulina humana (NPH e Regular) utilizada no tratamento de diabetes atualmente é desenvolvida em laboratório, a partir da tecnologia de DNA recombinante. A insulina chamada de ‘regular’ é idêntica à humana na sua estrutura. Já a NPH é associada a duas substâncias (protamina e o zinco) que promovem um efeito mais prolongado.

Análogo de Insulina

Um análogo de insulina é uma forma alterada de insulina, diferente de qualquer que ocorrem na natureza, mas ainda está disponível para o corpo humano para executar a mesma acção de insulina humana em termos de controle glicêmico.

Canetas Descartáveis

As canetas descartáveis, já vem carregadas com insulina e ao terminar seu uso são dispensadas e pega-se uma nova caneta, dispensa portanto a troca de refis, tornando o uso ainda mais simples.

Canetas Reutilizáveis

As canetas podem ser reutilizáveis, e que se compra o refil de 3 mL de insulina para se carregar na caneta. Neste caso é importante observar que as canetas são específicas para cada fabricante de refil.