Economizando na refeição?

Karina, uma das nutricionistas de nossa Clinica fez uma análise da dieta mostrada no artigo da Folha de São Paulo. Parece que com a alimentação fornecida pelas creches nenhuma das crianças iria engordar e sim ficar bem nutridas. Embora o prefeito Kassab tenha voltado atrás de sua decisão, vale mostrar que, tecnicamente, o seu argumento é indefensável e as nossas crianças não devem ficar sujeitas a esses riscos.

Dr Walter J Minicucci

Alimentação Escolar

O Programa Nacional de Alimentação Escolar, foi desenvolvido para  atender as necessidades nutricionais dos alunos durante sua permanência em sala de aula, contribuindo para o crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem e o rendimento escolar dos estudantes, bem como promover a formação de hábitos alimentares saudáveis.

É de pequenos que devemos ser incentivados  a fazer as escolhas certas que irão refletir em uma melhor qualidade de vida no futuro, e a escola é o segundo lugar socializador para a criança, logo depois da família e ela pode contribuir para o desenvolvimento de bons hábitos alimentares.

Muitas crianças tomam seu café da manhã, almoçam, lancham e jantam na escola. Por isso a merenda escolar deve atender as necessidades nutricionais da criança de acordo com sua faixa etária, atividades desenvolvidas e o número de horas que permanecerá na escola.

Os cardápios devem ser balanceados e calculados dentro das recomendações diárias preconizadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Estes cardápios devem atender a 66% das recomendações diárias para crianças com permanência de 8h/dia na escola.

O cardápio apresentado pelas creches e mostrado no artigo da Folha de São Paulo, atende as recomendações nutricionais  para as crianças de 1 a 6 anos, que necessitam em média de 1600 calorias e 20g de proteínas diárias. Carboidratos de  55 a 60% do valor calórico total da dieta, e  as gorduras de 25 a 30% do valor calórico total.

A manutenção de uma alimentação saudável é importante desde a infância, justamente por formar melhores hábitos alimentares. A família e a escola são muito importantes nessa idade, pois é por meio deles que a criança passa a conhecer novos alimentos.

Clique aqui para ler a matéria 

Tags:

Fale Conosco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida

Av. José Bonifácio, 1901 - Jardim das Paineiras - Campinas - SP,13092-305,Brasil

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O que você procura?

Insulina Humana

A insulina humana (NPH e Regular) utilizada no tratamento de diabetes atualmente é desenvolvida em laboratório, a partir da tecnologia de DNA recombinante. A insulina chamada de ‘regular’ é idêntica à humana na sua estrutura. Já a NPH é associada a duas substâncias (protamina e o zinco) que promovem um efeito mais prolongado.

Análogo de Insulina

Um análogo de insulina é uma forma alterada de insulina, diferente de qualquer que ocorrem na natureza, mas ainda está disponível para o corpo humano para executar a mesma acção de insulina humana em termos de controle glicêmico.

Canetas Descartáveis

As canetas descartáveis, já vem carregadas com insulina e ao terminar seu uso são dispensadas e pega-se uma nova caneta, dispensa portanto a troca de refis, tornando o uso ainda mais simples.

Canetas Reutilizáveis

As canetas podem ser reutilizáveis, e que se compra o refil de 3 mL de insulina para se carregar na caneta. Neste caso é importante observar que as canetas são específicas para cada fabricante de refil.